Resenha: Meu primeiro e único amor - Andréia Patrícia

| 0 comentários

MEU PRIMEIRO E ÚNICO AMOR

Livro Único

Autora: Andréia Patrícia | Editora: Independente

Um amor pra vida inteira ou uma obsessão infantil?
Era o que todos a volta de Jessica Bradley se perguntavam quando a ouviam falar de Samuel Thunderheart. Mas Jess sabia que Sam era sua alma gêmea e nada – nem ninguém – iria impedi-la de fazer com que ele finalmente a notasse.
Para conquistá-lo Jess terá que usar toda sensualidade que possui, derrubando, uma por uma, todas as barreiras que Sam construiu entre eles.
Ele a quer, mas a honra o impede de possuí-la como deseja. Sam Thunderheart provou os doces sabores de Jess uma única vez. Foi o suficiente para saber que cometera o maior erro de sua vida: apaixonara-se por ela. Agora, quando Jess usa todas as armas que possui para seduzi-lo, ele precisará resistir a paixão em nome de tudo que os une. Amor, desejo e paixões avassaladoras tornam o primeiro romance erótico de Andréia Patrícia uma aventura apaixonante.
=== Resenha ===

Enquanto Meu Primeiro e Único Amor encantou alguns, a mim ele me decepcionou e não é pelo fato da escritora ser nacional, não mesmo. Quem me conhece sabe que antes eu tinha esse preconceito, detestava livros nacionais, mas agora que entrei no mundo dos blogues tenho conhecido autores incríveis aos quais faz com que quando eu leia sinta como se estivesse lendo uma daquelas famosas obras americanas. Já o caso da Andréia Patrícia deixou muito a desejar, sua escrita é fraca, lembra mais uma fanfic mal elaborada do que realmente um livro. Senti algumas cenas e falas forçadas, para dar um clima que não deveria existir, a história também corre tão rápido que cheguei a ficar espantada com algumas cenas. Enfim, eu realmente não gostei, mas não deixe de ler para dá sua própria opinião, afinal de contas, cada um tem seu gosto.

- # -

Sam Bradley, o irmão da melhor amiga de Jéssica, sempre a tratou como uma irmãzinha, afinal de contas, eles cresceram juntos, mas a garota não suportava mais isto, pois nutria sentimentos pelo rapaz mesmo que ele tivesse 30 anos e ela 15. Na festa do seu aniversário Jéssica tenta dar o primeiro passo para mostrar a Sam que gosta deles e isto resulta nos dois ficarem, mas a consciência toma conta do rapaz fazendo-o fugir dela, o que mais o aflige é o fato de ser tão mais velho, ele se sente um pedófilo pelo o que havia feito. Algum tempo depois a garota, agora uma mulher, descobre que seu grande amor vai se casar, sendo assim parte da sua cidade para, mais uma vez, tentar mostrar a Sam o quanto o ama.

- # -

O livro em algumas partes não fez qualquer sentido, em outras ele é completamente forçado o que me levou a não gostar nenhum pouco da experiência que tive com ela. É graças a esse tipo de livro - mal trabalho - que antes eu tinha preconceito com a literatura nacional, eu realmente achava que todos os escritores seguiam essa linha, mas graças a construção meu blog acabei conhecendo vários escritores incríveis e foi desta forma que comecei a gostar da literatura nacional.

https://lh5.googleusercontent.com/-WsKGy4SY_6k/U9RVySnP-BI/AAAAAAAAjTU/JHYo9CphCgo/s296/jessica1.png

0 comentários:

Postar um comentário

O blog Miih e o Mundo Literário agradece pelo comentário.